Greve armada impede realização de jogo do campeonato colombiano

Greve na Colômbia fez com que confronto entre Jaguares e Independiente Medellín terminasse em W.O Foto: Reprodução/Twitter
Greve na Colômbia fez com que confronto entre Jaguares e Independiente Medellín terminasse em W.O Foto: Reprodução/Twitter

Na madrugada do último domingo (8), o Independiente Medellín não viajou para a cidade de Montería, onde iria defrontar o Jaguares, em jogo válido pela 19ª rodada do torneio Apertura, na Colômbia.

O time de Medellín preferiu não se arriscar na viagem por conta da falta de segurança gerada por uma greve armada que está acontecendo na região norte do país. A paralização foi iniciada por uma das maiores organizações criminosas colombianas, o Clã do Golfo, que não gostou da extradição de seu antigo líder, Dairo Antonio Úsuga, para os Estados Unidos.

Leia também:

Quem tenta circular pelas estradas do país encontra o trânsito controlado, dificultando a mobilidade das pessoas e os espaços comerciais estão fechados em muitas regiões.

Para que a partida fosse realizada, o Independiente chegou a emitir um comunicado solicitando a mudança do local do confronto, mas a Liga rejeitou o pedido.

No horário marcado para o confronto, jogadores do Jaguares e o trio de arbitragem foram à campo. O árbitro Jorge Duarte cumpriu o protocolo esperando os 15 minutos regulamentares para soar o apito final, que sacramentou a vitória dos donos da casa.

Nas redes sociais personalidades do futebol colombiano criticaram a postura da organização do campeonato e enalteceram a posição do Independiente Medellín.

Fernando Uribe, que passou por clubes brasileiros como Santos e Flamengo, e atualmente defende o Junior Barranquilla, foi um dos mais incisivos dizendo que os jogadores são tratados como escravos e que os organizadores só querem ganhar dinheiro às custas do que os jogadores geram.

Mesmo após o revés, o Independiente segue com classificação garantida para a próxima fase do campeonato colombiano, enquanto o Jaguares briga contra o rebaixamento na parte de baixo da classificação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos