Greve do metrô SP: Metroviários se reúnem para decidir se haverá paralisação amanhã

Funcionários do metrô de SP podem entrar em greve na terça-feira (13) (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)
Funcionários do metrô de SP podem entrar em greve na terça-feira (13) (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Na noite desta segunda-feira (12), os metroviários de São Paulo vão se reunir para decidir se haverá greve do Metrô SP amanhã, terça-feira (13).

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a previsão era de que a paralisação acontecesse na terça-feira passada, dia 6, mas a decisão foi adiada depois de o Tribunal Regional do Trabalho determinar que o Metrô pagasse o mecanismo de isonomia salarial aos funcionários da empresa que ainda não tinham recebido os valores.

Na última semana, o TRT teria indicado à empresa que houve uma extensão do acordo de cumprimento do pagamento do mecanismo. A previsão é de que aconteça uma negociação ao longo do dia.

No entanto, sem uma posição definitiva, a categoria mantém o estado de greve, previsto desde o dia 31 de agosto, além de mobilizações.

Caso haja efetivamente a greve, serão afetadas as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e o monotrilho da linha 15-Prata. As linhas 4-Amarela e 5-Lilás, privatizadas, devem funcionar normalmente.