Grife de Christian Dior processa atriz pornô por registrar o mesmo sobrenome artístico

A estrela de filmes pornográficos Gigi Dior registrou seu nome artístico no ano passado. Agora, a elegante casa de moda francesa Christian Dior Couture entrou com uma ação legal pedindo a anulação da marca da atriz, usando a justificativa de que está prejudicando seus negócios.

“Isso é ridículo, meu nome não tem nada a ver com alta-costura e – a parte engraçada é – o que eu faço geralmente envolve não usar nenhuma roupa”, disse Gigi ao Page Six em resposta ao processo.

A artista de 40 anos solicitou no ano passado a marca Gigi Dior. Em 20 de setembro de 2022, foi aprovado. Ela usa o nome em seu site pessoal, em seu perfil no OnlyFans, em seu trabalho na webcam e em todas as contas de mídia social.

A casa de moda declara que um de seus motivos para se opor à marca registrada de Gigi seria “prioridade e probabilidade de confusão”.

“Marquei meu nome artístico para fins de entretenimento e modelagem, tive que provar para que estava usando o nome, então usei aparições na exótica e um site para confirmação… Meu pedido foi atendido”, disse Gigi.

“Algumas semanas atrás, em 18 de outubro, recebi uma notificação da Christian Dior Couture de que eles estavam apelando da aprovação da minha marca e alegam que o nome Dior está sendo diluído e que estou diluindo seus produtos.”