Grupo antivacina invade Câmara de Porto Alegre e agride vereadora

·1 min de leitura
  • Manifestantes antivacina geraram confusão na Câmara de Vereadores de Porto Alegre

  • Vereadores debatiam o veto do prefeito Sebastião Melo ao passaporte da vacina

  • Um dos manifestantes tinham um cartaz com uma suástica, símbolo nazista

Na tarde desta quarta-feira (20), membros de um movimento antivacina invadiram a Câmara de Porto Alegre e agrediram vereadores. O caso aconteceu quando os políticos votavam o veto do prefeito da cidade, Sebastião Melo (MDB), ao passaporte de vacinação.

A apresentação do comprovante de vacinação é uma determinação estadual no Rio Grande do Sul, aprovada por Eduardo Leite (PSDB), e vale desde a última segunda-feira (18).

O grupo antivacina tinha cartazes, entre eles um com uma suástica, simbolo nazista, e houve relatos de agressões. De acordo com o jornal Zero Hora, um vereador chegou a ser mordido.

Nas redes sociais, o vereador do PSDB Ramiro Rosário, criticou a postura dos manifestantes. “Lamentável o que está acontecendo na Câmara de Vereadores de Porto Alegre com uma briga generalizada e vereadores agredindo e sendo agredidos fisicamente. A discussão ocorre devido à votação do passaporte vacinal. Falhou a segurança da Câmara em permitir que chegasse neste ponto.”

Karen Santos, do PSOL, também se pronunciou e chamou os manifestantes de fascistas. “Pessoas ostentando a SUÁSTICA invadiram o plenário e agrediram vereadores durante a sessão. Fascistas, inflados pela política nefasta de Bolsonaro e seus apoiadores, que tentam impor suas ações negacionistas na base da violência e da ameaça”, disse a vereadora.

“Devemos dar a devida dimensão à gravidade do que ocorre no plenário neste momento. Um grupo organizado e criminoso, disposto a ir as vias de fato e inflado inclusive por vereadoras/es bolsonaristas que insistem na propagação do discurso antivacina. Que sejam responsabilizados.”

Também do PSOL, a deputada federal Fernanda Melchiona, eleita pelo Rio Grande do Sul, afirmou que se tratava de um “grupo de fascistas, com um criminoso inclusive segurando um cartaz com uma suástica”.

Manifestantes antivacina feraram confusão na Câmara Vereadores Porto Alegre (Foto: Reprodução)
Manifestantes antivacina feraram confusão na Câmara Vereadores Porto Alegre (Foto: Reprodução)
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos