Grupo armamentista é denunciado ao Ministério Público por suposto sorteio de armas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do Proarmas, o advogado Marcos Pollon, foi denunciado ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público do Distrito Federal por supostamente ter realizado um sorteio de armas em um encontro do grupo, ocorrido no dia 9 deste mês, em Brasília.

Uma portaria do Ministério da Economia, de setembro de 2020, proíbe a distribuição de armas e munições como prêmios.

A ação foi apresentada pelo professor Douglas Belchior, cofundador da Uneafro Brasil e membro da Coalizão Negra por Direitos, articulação nacional que reúne mais de 250 organizações, coletivos e entidades do movimento negro e antirracista. Belchior é pré-candidato pelo PT a deputado federal por São Paulo.

Segundo a representação de Belchior, Pollon teria anunciado o sorteio em vídeo ao vivo no seu canal no YouTube dois dias antes do evento.

Para burlar a lei, ele teria usado a palavra furadeira para se referir a revólver. "Aqui, na descrição do vídeo tem um link para o pessoal adquirir os convites para o nosso churrasco […] e a gente está vendo uma forma de presentear quem for no 9 de julho com o sorteio de uma furadeira", disse o advogado no vídeo.

"Estamos pensando em fazer uma furadeira para quem é do Brasil todo e outro para quem é do Distrito Federal e região. A gente vai disponibilizar um link na internet onde você se cadastra, vai ser feito um sorteio pela loteria federal e lá no evento já recebe o voucher de uma furadeira", afirmou também.

Aliado da família Bolsonaro, Pollon é pré-candidato a deputado federal pelo PL e presidente do Proarmas, maior grupo armamentista do Brasil. O evento do dia 9 teve campanha política antecipada para o presidente Jair Bolsonaro (PL) e contou com a presença dos deputados federais Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e Daniel Silveira (PTB-RJ), entre outros.

Procurado, o advogado não respondeu até a publicação deste texto. Douglas Belchior também denunciou o sorteio ao Ministério da Economia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos