Guarda-civil agride dependentes químicos em concentração na cracolândia, em SP

Uma ação truculenta de um guarda-civil metropolitano contra dependentes químicos foi filmada na última quinta-feira (10), no cruzamento das ruas dos Protestantes e dos Gusmões, na Santa Ifigênia, região central de São Paulo, um dos pontos da Cracolândia. No vídeo, o agente aparece agredindo com golpes de cassetete um homem que estava sentado em uma concentração de usuários de drogas e que não apresentou nenhuma resistência durante o patrulhamento policial na região.

A pedido de Janja: Equipe de transição vai propor ações para proteção de crianças e de pessoas em situação de rua

Drogas, briga, assassinato em motel: depoimento de garoto de programa acrescenta novos elementos a caso de empresário morto pela noiva

As imagens obtidas pela Folha de S. Paulo mostram que um grupo de dependentes químicos estava no local quando foi cercado pelas equipes da Guarda Civil Metropolitana (CGM). Assim que os agentes chegam, uma correria é iniciada enquanto os guardas também correm, agredindo as pessoas com cassetetes e jogando bomba para dispersar o grupo.

O homem agredido no vídeo aparece imóvel na calçada e sem oferecer qualquer tipo de reação. Ele recebeu ao menos dois golpes do guarda. Após ser agredido, ele levanta e deixa o local sem esboçar qualquer revide.

O GLOBO procurou a CGM para questionar a atitude dos policiais, mas ainda não obteve resposta. Conforme noticiado pela Folha de S. Paulo, as ações da GCM no local para dispersão são recorrentes e ocorrem até mais de uma vez por dia.