Guarda costeira investiga acidente entre barcos na Itália; buscas por mulher desaparecida continuam

A guarda costeira de Porto Santo Stefano investiga o acidente entre duas embarcações que se chocaram no sábado em Argentario, na Itália. Uma das hipóteses das autoridades é de que o iate, que tinha quatro dinamarqueses a bordo, estaria navegando com o piloto automático e, por isso, teria atingido o veleiro, com seis outras pessoas, em alta velocidade.

Mais informações: Acidente foi reportado por uma das sobreviventes

Vídeo: Avião cai em praia nos Estados Unidos durante competição de salva-vidas juniores

O acidente aconteceu no canal entre Monte Argentario e a ilha de Giglio, na região da Toscana. Entre as vítimas foram identificadas Andrea Giorgio Coen, de 59 anos, que morreu, e Anna Claudia Cartoni, que está desaparecida. Ambos estavam no veleiro que foi atingido e quase partido em dois.

O marido de Anna Claudia, Fernando Manzo, estava ao leme do veleiro e teria tentado fazer uma manobra desesperada para evitar que a embarcação fosse atingida pela lancha, de acordo com o jornal Corriere della Sera.

Um robô subaquático será utilizado para auxiliar na busca pela mulher desaparecida. Capaz de descer até 150 metros de profundidade, o equipamento foi solicitado pela guarda costeira aos bombeiros.

Ainda não há atualizações sobre a procura. Segundo a agência de notícias italiana Ansa, há várias correntes marítimas na área, que poderiam ter movido o corpo para outro ponto.

O corpo do homem que morreu foi levado para um hospital em Orbetello, onde também foram atendidas duas mulheres feridas no acidente, que receberam alta. Na mesma unidade, um outro ferido está em observação e pode ser internado.

As embarcações, uma com 14 metros e a outra com mais de 20 metros de comprimento, foram levadas para Porte Ercole e estão à disposição da justiça. Os dinamarqueses, que estavam a bordo do iate, estariam sob interrogatório em Porto Santo Stefano, segundo a Ansa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos