Guarda Revolucionária do Irã diz a manifestantes: "hoje é o último dia de tumultos"

(Reuters) - O comandante da Guarda Revolucionária do Irã, Hossein Salami, alertou os manifestantes que este sábado será o último dia de protestos.

"Não venham para as ruas! Hoje é o último dia de tumultos", disse ele.

O Irã tem sido dominado por manifestações de rua desde a morte da mulher curda Mahsa Amini, de 22 anos, sob custódia da polícia da moralidade no mês passado.