Guarda será investigada após vazar vídeo dançando com arma na mão

Vídeo com guarda dançando com arma na mão chamaram atenção da Prefeitura de Indaiatuba. (Foto: Reprodução/EPTV)
Vídeo com guarda dançando com arma na mão chamaram atenção da Prefeitura de Indaiatuba. (Foto: Reprodução/EPTV)

Uma guarda municipal está sendo investigada pelo Comando da Guarda Civil de Indaiatuba, em São Paulo, para apurar um vídeo em que a agente aparece dançando com uma arma na mão.

O anúncio da abertura um procedimento administrativo, foi feito na noite desta quinta-feira (21)

As imagens foram gravadas em uma festa na cidade e o órgão afirmou que recebeu ontem uma denúncia a respeito da cena. A Prefeitura de Indaiatuba disse em nota, que a guarda alegou que participava de uma festa e que a arma que aparece nas imagens era de brinquedo.

"Mesmo assim, todos os detalhes serão devidamente apurados para, se necessário, as medidas cabíveis serem aplicadas", diz a nota.

Apesar disso, a prefeitura informou que a decisão será pela atuação de patrulhamento em rua ou função administrativa após ela retornar de folga.

Além disso, a administração também divulgou um "perfil": ela tem 26 anos, está na corporação desde novembro de 2016 e a Guarda nunca registrou ato de indisciplina dela. O nome não foi divulgado e a prefeitura destacou que ela não vai se manifestar.

O caso veio à tona na quarta, quando a administração confirmou que "todos os detalhes serão investigados”.

As imagens começaram a ser analisadas na mesma data, quando a agente foi chamada pela corporação e o processo administrativo foi aberto.

"As imagens serão analisadas para, se necessário, as medidas cabíveis serem aplicadas", diz nota da administração.