Guedes diz que auxílio emergencial ficará entre R$ 175 e R$ 375

·1 minuto de leitura
Ministro Paulo Guedes discursa
Ministro Paulo Guedes - Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images

Ministro da Economia do governo de Jair Bolsonaro, Paulo Guedes deu detalhes nesta segunda-feira sobre o novo auxílio emergencial. Em entrevista coletiva, ele informou que o valor do benefício ficará entre R$ 175 e R$ 375.

A quantia dependerá da composição das famílias, mas o valor médio será de R$ 250, comprovando a previsão de Bolsonaro, que havia projetado o pagamento de R$ 250 por quatro meses a partir de março.

Leia também:

“Esse (R$ 250) é o valor médio, porque se for uma família monoparental dirigida por uma mulher, é R$ 375. Se for monoparental com um homem, é R$ 175. Se for o casal, aí são R$ 250. Isso é o Ministério da Cidadania. Nós só fornecemos os parâmetros básicos, mas a decisão da amplitude é com o Ministério da Cidadania”, explicou.

A PEC Emergencial foi aprovada na semana passada pelo Senado Federal e está prevista para ir à votação na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira.

Para Guedes, o pagamento deste auxílio é uma forma de colocar o dinheiro nas mãos dos mais pobres, “sem intermediários”.

“Se quisermos reduzir a pobreza e a miséria no Brasil, precisamos dar o dinheiro direto para os mais desfavorecidos, os mais pobres. E foi o que a gente fez”, comentou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos