Guedes diz que Marcos Pontes é burro e que, às vezes, se pergunta o que faz no governo

·1 min de leitura
O ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
O ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
  • Guedes chamou o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, de "burro"

  • Ele afirmou ainda que o que falta no país na verdade é gestão e não dinheiro

  • O ministro comentou que muitos ministros não executam a verba que já foi disponibilizada

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou colegas de governo e chegou a chamar o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, de "burro". As informações são do jornal Folha de São Paulo.

Em reunião sobre a retirada de R$600 milhões da pasta comandada por Pontes, Guedes afirmou ainda que o que falta no país na verdade é gestão e não dinheiro. O ministro comentou ainda que "às vezes, eu mesmo me pergunto o que estou fazendo aqui".

Ainda ao falar sobre a falta de gestão correta dos recursos, na avaliação dele, ele disse que muitos ministros não executam a verba que já foi disponibilizada e os recursos acabam parados.

O encontro foi feito com integrantes da comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara formada por deputados da base e da oposição.

As declarações do ministro ocorrem em um contexto de especulações sobre sua saída do governo, o que levou o presidente Jair Bolsonaro a fazer um pronunciamento na última sexta-feira (22).

Bolsonaro disse que tem "confiança absoluta" no ministro.

“Tenho confiança absoluta nele, ele entende as aflições que o governo passa. Assumiu em 2019, fez um brilhante trabalho, quando começou 2020, a pandemia, uma incógnita a para o mundo todo”, declarou Bolsonaro.

O ministro ainda negou que tenha pedido demissão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos