Guedes diz que programa de treinamento no emprego, com bolsa de R$600, sai "muito brevemente"

·1 minuto de leitura
Ministro da Economia, Paulo Guedes

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - O governo lançará "muito brevemente" um programa de qualificação de jovens trabalhadores dentro das empresas, com pagamento de um bônus de valor total de 600 reais, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quarta-feira.

O custo será dividido igualmente entre o governo e as empresas, disse o ministro em entrevista coletiva, acrescentando que a ideia é que os beneficiados tenham contratos de pelo menos um ano com as empresas que façam a adesão ao programa.

O governo pagará 300 reais no Bônus de Inclusão Produtiva (BIP) e as empresas pagarão um bônus de incentivo à qualificação de igual valor.

"Temos recursos para este ano, mas ao invés de lançar contratos de seis meses estamos tentando arrumar já fonte para o ano que vem para ser um contrato de um ano pelo menos, o jovem ficar coberto por pelo menos um ano por esse programa", disse Guedes, que não detalhou a despesa total projetada com o benefício.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos