Guedes: ‘Qual o sentido de pedir reajuste de salário quando temos essa crise ainda conosco?’

·2 min de leitura

BRASÍLIA — O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira que é preciso ter cuidado com os salários dos servidores públicos e questionou se faz sentido pedir reajustes neste momento, em meio ao avanço da variante Ômicron da Covid-19.

— Qual o sentido de pedir reajuste de salário, mesmo agora, quando temos essa crise ainda conosco, nessa variante Ômicron? Temos que ter cuidado com os salários. Porque estamos ainda em guerra, e temos que pagar pela nossa guerra. Nós temos que pagar, ao invés de empurrar os custos para as futuras gerações — disse Guedes, ao participar do anúncio do resultado das contas públicas em 2021, que fecharam o ano no menor rombo desde 2014.

Guedes não citou diretamente os pedidos de reajustes feitos por diversas categorias nas últimas semanas. A pressão dos servidores federais foi causada pela decisão do presidente Jair Bolsonaro de conceder aumentos apenas para a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e o Departamento Penitenciário Nacional.

O ministro deu a declaração ao comentar que os salários do funcionalismo de União, estados e municípios ficaram travados em 2020 e 2021, como contrapartida aos gastos feitos pelo governo por conta da pandemia.

— O dinheiro vai para a saúde sim, mas não deve haver reajuste de salários durante a pandemia. Se nós estávamos de home office, em casa, nós o funcionalismo, fazendo live, com distanciamento social necessário para não forçar o sistema hospitalar. Se nós estávamos numa situação dessa, não fazia o menor sentido (ter aumento de salário). Os professores em casa, fazendo aula a distância, os alunos também em distanciamento — afirmou Guedes.

O ministro também lembrou que foi concedido um reajuste parcelado em três anos durante o governo Michel Temer, cuja última parcela foi paga em 2019.

Para Guedes, a atual geração já pagou pela pandemia.

— Essa geração pagou pela guerra em um ano e meio. Se precisamos de recursos para a saúde, damos recursos para a saúde, mas não quer dizer que tenha que dar aumento de salário para todo mundo em meio a uma crise de saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos