Guerra dos consoles: Novos Xbox, da Microsoft, chegam nesta terça às lojas, antes do PlayStation 5

O Globo
·2 minuto de leitura

RIO – A Microsoft dá o pontapé inicial na disputa pelo mercado da nova geração de consoles nesta terça-feira, com a chegada às lojas dos novos Xbox Series X e Series S.

A empresa larga na frente da rival Sony, que agendou o lançamento do PlayStation 5 para o dia 19 no Brasil — dia 12 nos EUA e em alguns mercados.

A chegada da nova geração impõe à Microsoft o desafio, e a oportunidade, de virar o jogo contra a rival japonesa. Na anterior, que chegou ao mercado em 2013, o PlayStation 4 derrotou o Xbox One com facilidade.

Segundo dados do Statista, a Sony vendeu 113 milhões de unidades, contra 48 milhões de consoles da Microsoft. E a virada neste cenário não será fácil.

— As pessoas que possuem um Xbox tendem a comprar o novo Xbox, enquanto as pessoas que possuem um PlayStation tendem a comprar o novo PlayStation — avaliou Michael Pachter, analista da Wedbush Securities, em entrevista à agência Reuters.

Quem vende mais consoles, fatura mais com a venda de jogos no mercado global de videogames, estimado pela consultoria NewZoo em US$ 159,3 bilhões — incluindo outras categorias, como PC e mobile.

Para tentar “roubar” gamers da rival, a Microsoft aposta no preço. O Xbox Series X, mais robusto, possui 12 teraflops de poder de processamento, 1 terabyte de espaço para armazenamento e unidade de Blu-ray. O preço sugerido no Brasil, após a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados, é de R$ 4.599, em linha com a versão mais robusta do PS5, que sai a R$ 4.699.

Para o público que não pode investir tanto na nova geração de consoles, a Microsoft oferece o Xbox Series S, sem leitor de mídias físicas, 4 teraflops de poder de processamento e 512 gigabytes para armazenamento, mas capaz de rodar todos os jogos que serão lançados. O preço: R$ 2.799, bem abaixo a versão mais em conta do PS5, a R$ 4.199.

Além do preço, a Microsoft está ampliando o conteúdo disponível em seu serviço de assinatura Xbox Game Pass Ultimate. Na véspera do lançamento dos novos Xbox, a empresa anunciou que o serviço EA Play, com jogos da Electronic Arts, estará disponível, sem custos extras, para os assinantes.

A empresa também investe em conteúdos exclusivos. Em setembro, a Microsoft comprou a produtora ZeniMax Media, dona, entre outros, do estúdio da Bethesda Softworks, criador de franquias de sucesso como Doom, Fallout e The Elder Scrolls.