Guerra entre Ucrânia e Rússia seria totalmente desequilibrada; veja os arsenais

·2 min de leitura
Guerra entre Ucrânia e Rússia seria extremamente desequilibrada (Mauricio Campino/U.S. Air Force via AP)
Guerra entre Ucrânia e Rússia seria extremamente desequilibrada (Mauricio Campino/U.S. Air Force via AP)
  • Guerra entre Ucrânia e Rússia seria das mais desequilibradas da história aponta pesquisa

  • Gráfico aponta os arsenais terrestres, aéreos e marítimos de cada nação

  • Situação é extremamente delicada no local

O fato da Rússia possuir um arsenal e um exército muito maior que o da Ucrânia não é nenhuma novidade, mas a extensão de desvantagem do segundo país pode não ficar clara num primeiro momento.

Uma pesquisa realizada pela Global Firepower avaliou as forças militares dos dois países previstas para 2022, e os resultados indicam que a Rússia tem tudo a seu favor em todos os aspectos.

Com relação ao arsenal de pessoas, a Ucrânia fica para trás com 220 mil soldados, enquanto a nação maior contabiliza 850 mil.

Com relação a arsenal aéreo e naval, a Rússia lidera com mais de 4 mil e 605, contra 318 aeronaves e 38 navios ucranianos respectivamente.

Os tanques de guerra e veículos blindados da ex-União Soviética totalizam cerca de 42 mil unidades, enquanto a Ucrânia soma pouco mais de 14 mil.

Statista
Statista

O país do leste europeu também sai em desvantagem do arsenal aéreto, totalizando 103 peças entre helicópteros de ataque e jatinhos, enquanto os russos possuem mais de mil unidades.

Por fim, a Ucrânia possui apenas uma fragata e nenhum navio destruidor, enquanto a Rússia possui 26 unidades totais de barcos.

Portanto, ainda não é possível medir o nível de destruição que ocorrerá caso o presidente Putin decida invadir o leste.

O que se sabe até então é que há um significativo avanço militar na fronteira russa, e os esforços diplomáticos para selar a paz entre as nações falharam até então. Desta forma, o ocidente se concentra em oferecer solidariedade e promover ameaças econômicas capazes de frear uma possível invasão.

Vale ressaltar ainda que durante esta semana, a milícia neonazista ucraniana anunciou que também está se preparando para a luta.

O grupo publicou uma série de mensagens do Telegram mostrando detalhes de diversos planos táticos do Corpo Nacional, que está envolvido nos assuntos relacionados à guerra.

Algumas fotos publicadas no também mostram membros da organização participando de cerimônias ultranacionalistas para marcar o Dia da Unidade Nacional da Ucrânia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos