Guerra na Ucrânia afetará região Indo-Pacífico, adverte responsável da UE

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Presidente da Comissãp Europeia, Ursula von der Leyen,com o primeiro ministro da Índia, Narendra Modi, em Nova Deli el 25 de abril de 2022, em uma fotografía divulgada pela Indian Press Information Bureau (PIB) (AFP/-) (-)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A invasão russa da Ucrânia ameaça a segurança regional da Índia, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, nesta segunda-feira (25) em Nova Deli, cujo governo tem sido neutro no conflito.

"O fim da guerra não apenas determinará o futuro da Europa, mas também afetará profundamente a região do Indo-Pacífico", enfatizou Von der Leyen durante seu discurso no Raisina Dialogue, uma conferência anual sobre geopolítica realizada em Nova Deli.

"Rússia e China aparentemente forjaram um pacto irrestrito [...] Declararam que sua amizade é 'sem limites' [...] O que podemos esperar das 'novas relações internacionais' que ambos pediram para estabelecer?", comentou, alarmada.

A Índia tenta encontrar um difícil equilibro entre suas relações com o Ocidente e as que tem com a Rússia, que atende grande parte de suas necessidades de armamento e energia. Até o momento, se absteve de condenar abertamente a invasão russa da Ucrânia e se envolver nas votações sobre este tema que foram realizadas na ONU.

Após ter inaugurado um novo conselho especial destinado a dinamizar a cooperação comercial e tecnológica entre a Índia e a União Europeia (UE), Von der Leyen apontou que o bloco buscará reforçar seus vínculos com Nova Délhi na próxima década.

Em 2021, Índia e UE decidiram retomar as negociações de um acordo de livre comércio, bloqueado desde 2013 devido a diversas divergências.

bb-stu-gle/jfx/mr/mba/jvb/mb/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos