Guia do Mineiro 2022: Cruzeiro e América se preparam para enfrentar o favoritismo do Atlético

·6 min de leitura

A temporada dos times de Minas Gerais começa na terça-feira, quando o América-MG entra em campo para enfrentar a Caldense, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. Pelos próximos meses, os clubes grandes tentarão, mesmo dividindo a atenção com outras competições, confirmar o favoritismo de olho nas vagas para as semifinais. Aos clubes de menor investimento, resta tentar quebrar o domínio do trio de Belo Horizonte.

Há, porém, um franco favorito ao troféu. O Atlético-MG, que manteve sua base vitoriosa, vai atrás de mais um ano vitorioso. Porém, sem o técnico Cuca e apostando no argentino Turco Mohamed. Hulk permanece para a temporada, mas a outra estrela, Diego Costa, deixou a Cidade do Galo.

O América-MG, vice-campeão em 2021, está reforçado. E não é para menos. Após se classificar para a Libertadores pela primeira vez na história, quer confirmar que subiu de patamar. O Cruzeiro, por outro lado, está empolgado após a venda de 90% da sua SAF para a empresa de Ronaldo Fenômeno. Não é favorito hoje, mas vive esperança por dias de vitórias.

A primeira fase do torneio é no sistema de pontos corridos, com 12 equipes se enfrentando em turno único. Os quatro melhores avançam para as semifinais e os clubes que ficarem entre 5º e 8º lugar jogam o Troféu Inconfidência, vencido pelo Pouso Alegre em 2021. A final do estadual, em jogo único, está programada para dia 3 de abril.

Atlético-MG

Campeão do Brasileiro, da Copa do Brasil e atual campeão mineiro, Galo é franco favorito ao troféu mais uma vez. Ainda mais após a temporada de 2021, a mais vitoiriosa da história do clube. Porém, uma incógnita cerca as terras mineiras: como o clube irá se comportar após a saída do técnico Cuca?

Para o seu lugar, foi contratado o argentino Turco Mohamed, que comandou o Tijuana-MEX na Libertadores de 2013, que foi eliminado pelo próprio Atlético-MG. O treinador prometeu "esforço, garra e dedicação", mas a responsabilidade de substituir o maior técnico da história do clube não é fácil. O certo é que ele terá um dos melhores elencos do Brasil em mãos. E reforçado.

Diego Godín, por exemplo, foi anunciado como reforço para a vaga deixada por Junior Alonso, que foi vendido para o futebol russo. O zagueiro uruguaio deixou o Cagliari após ser criticado publicamente pelo diretor de futebol do clube italiano.

Ademir, que estava no América-MG, chega como a aposta. O atacante foi um dos destaques do América-MG no Brasileirão, com 13 gols marcados. A mesma situação vivida por Fábio Gomes, centroavante de 24 anos, que estava no NY Red Bulls, dos EUA. Ele chega como reposição à saída de Diego Costa.

Outros que deixaram o clube foram Alan Franco, negociado com o Charlotte FC, da MLS; Nathan, emprestado para o Fluminense; e Hyoran, emprestado para o Bragantino.

Provável escalação: Everson; Mariano, Réver (Igor Rabello), Diego Godín e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Keno.

Cruzeiro

Maior rival do Atlético-MG, o Cruzeiro sabe que corre por fora nesta disputa, mas está empolgado após a venda de 90% de sua SAF para a empresa de Ronaldo Fenômeno, que já começou dando as caras e promovendo uma grande reformulação. Por exemplo, a saída do goleiro Fábio, que acertou com o Fluminense, foi bastante sentida pelos torcedores.

Para o seu lugar, veio Rafael Cabral, ex-Santos e que estava no futebol inglês. Outros nomes de peso também deixaram o clube, como Rafael Sobis, que se aposentou. E o técnico Vanderlei Luxemburgo, que deu lugar a Paulo Pezzolano, uruguaio de 38 anos, que será o responsável por comandar esta reformulação. O técnico passou um período no Pachuca e acertou com a Raposa.

Para não dizer que o Cruzeiro não está reforçado, chegaram nomes importantes principalmente para o setor defensivo. Maicon, de 33 anos, estava livre no mercado desde quando deixou o Al Nassr, da Arábia Saudita. Sidnei, que estava no futebol espanhol, também chegou sem custos. Além deles, mais jogadores fizeram parte do pacotão:

Mateus Silva: zagueiro de 26 anos, que tinha contrato com o Ituano.Willian Oliveira: volante estava no Ceará e chega por empréstimo até o fim do ano.Edu: o atacante de 28 anos foi o artilheiro da última Série B do Brasileiro pelo Brusque.Pedro Castro: volante de 28 anos que estava no Botafogo.Filipe Machado: volante que estava sem clube desde que deixou o Cruzeiro em 2020.Fernando Neto: disputou a Série B pelo Vitória e estava livre no mercado.João Paulo: jogador disputou a Série A pelo Atlético-GO em 2021, chega sem custos.Waguininho: atacante foi um dos importantes nomes na campanha de acesso do Coritiba.Gabriel Dias: lateral de 27 anos que estava livre no mercado depois de fim do contrato com o Ceará.

Pezzolano já armou a equipe titular do Cruzeiro com reforços e montou a equipe para a estreia no Mineiro com reforços: o goleiro Rafael Cabral, os zagueiros Maicon e Sidnei, o lateral Rafael Santos, o volante Pedro Castro e o atacante Waguininho. Todos devem começar atuando na estreia.

De remanescentes da temporada passada, seguem no time Rômulo, improvisado na lateral direita, o volante Lucas Ventura, os meias Marco Antônio e Giovanni e o atacante Thiago. Ao todo, 12 reforços já foram contratados pela Raposa para 2022.

Provável escalação: Rafael Cabral; Rômulo, Maicon, Sidnei e Rafael Santos; Lucas Ventura, Pedro Castro, Marco Antônio e Giovanni; Waguininho e Thiago.

América-MG

Mesmo com a chuva de reforços do Cruzeiro, outro clube que contratou bastante em Minas Gerais foi o América — 10 no total. A explicação é simples: o Coelho disputará a Libertadores pela primeira vez e a fase pré começa em fevereiro. O clube corre contra o tempo para colocar as contratações em forma e entrosar para a disputa do torneio diante do Guaraní-PAR.

O Coelho chega mordido após ter sido vice-campeão mineiro em 2021 — chegou a ter um pênalti no jogo deicisivo para ficar a frente no placar, mas desperdiçou. Com o empate no somatório dos resultados, o Atlético-MG ficou com o título por ter melhor campanha. É com essa esperança que o técnico Marquinhos Santos motiva o elenco na busca pelo título.

A notícia ruim para o Coelho é que o goleiro Matheus Cavichioli, um dos destaques da equipe, está impossibilitado de atuar devido a uma intervenção cirúrgica para desobstruir uma veia no coração. Para o seu lugar, foi contratado Jailson, de 40 anos, que estava no Palmeiras.

Entre as contratações do Coelho para a temporada estão os zagueiros Éder, German Conti, Gabriel Gomes e Iago Maidana; o lateral Raúl Caceres, o meia Índio Ramirez e Matheusinho, e os atacantes Henrique Almeida, Everaldo e Wellington Paulista.

Provável escalação: Jailson; Raul Caceres, Éder, German Conti e João Paulo; Juninho, Índio Ramirez, Alê e Matheusinho; Felipe Azevedo e Wellington Paulista.

Possível surpresa

O Tombense é a “quarta força” do Estado em 2022. Promovido para a Série B após vice-campeonato da terceira divisão nacional, o clube da zona da mata mineira vive crescente nos últimos anos e pode surpreender. Uberlândia, de boa campanha na Série D 2021, é um possível candidato para uma boa campanha.

Primeira rodada do Campeonato Mineiro 2022:

25 de janeiro

21h – Caldense x América Mineiro – Ronaldão, Poços de Caldas

26 de janeiro

17h – Cruzeiro x URT – Independência, Belo Horizonte

19h – Tombense x Pouso Alegre – Antônio Guimarães de Almeida, Tombos

19h – Vila Nova x Atlético Mineiro – Alçapão do Bonfim, Nova Lima

20h – Democrata x Patrocinense – Mamudão, Governador Valadares

20h – Uberlândia x Athletic – Parque do Sabiá, Uberlândia

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos