Guitarra de David Gilmour é leiloada por US$ 3,9 milhões e é a mais cara da história

*ARQUIVO* PORTO ALEGRE, RS, 16.12.2015: O músico David Gilmour (ex-integrante Pink Floyd) no show da turne

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O guitarrista, cantor e compositor David Gilmour, do Pink Floyd, arrecadou mais de US$ 21 milhões (cerca de R$ 80 milhões) com o leilão de mais de 120 instrumentos e artefatos musicais, no dia 20, em Nova York. O dinheiro arrecadado foi doado para a ClientEarth, uma organização que atua no combate às mudanças climáticas. O grande destaque do leilão realizado na Christie's foi a guitarra Black Strat, uma Fender Stratocaster, que foi arrematada pelo valor recorde de US$ 3,9 milhões (R$ 14,9 milhões). A Black Strat foi usada nas gravações de clássicos como "Wish You Were Here" e "The Dark Side of the Moon"  Até então, o mais alto valor pago por uma guitarra era US$ 2,7 milhões, em um leilão de 2005 no Qatar para arrecadar recursos para as vítimas do tsunami. Diferentemente da Black Strat, o instrumento não havia pertencido a nenhuma estrela, mas contava com autógrafos de diversos astros como Mick Jagger, Keith Richards, Eric Clapton, Paul McCartney e David Gilmour. O músico descreveu o resultado do leilão como "brilhante e inacreditável".  Descrito pela casa de leilões Christie's como a "mais valiosa coleção de instrumentos musicais vendida em leilão", o evento atraiu lances de mais de 2.000 interessados de 66 países. Nos meses que antecederam o leilão, mais de 12 mil fãs visitaram os locais onde os lotes que foram expostos em Londres, Los Angeles e Nova York e mais de 500 mil pessoas visitaram o site da Christie's para contemplar os instrumentos. No dia marcado, o leilão começou com uma hora de atraso para acomodar o número de interessados, que formaram grandes filas para acompanhar a venda.