Guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho desembarca no Brasil para tratamento médico

·2 minuto de leitura
JOSHUA ROBERTS/REUTERS
Com 74 anos de idade, Olavo estava internado com problemas respiratórios desde abril deste ano, em um hospital no estado da Virgínia, nos Estados Unidos (Foto: JOSHUA ROBERTS/REUTERS)
  • O escritor Olavo de Carvalho, considerado o "guru" do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), desembarcou na manhã desta quinta-feira (8) no Brasil, após anos sem pisar no país

  • Com 74 anos de idade, Olavo estava internado com problemas respiratórios desde abril deste ano, em um hospital no estado da Virgínia, nos Estados Unidos

  • Segundo a coluna do jornalista Igor Gadelha, que ouviu três fontes envolvidas na operação, o guru bolsonarista chegou a São Paulo para dar continuidade a um tratamento médico

O escritor Olavo de Carvalho, considerado o "guru" do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), desembarcou na manhã desta quinta-feira (8) no Brasil, após anos sem pisar no país. As informações são do jornal Metrópoles.

Segundo a coluna do jornalista Igor Gadelha, que ouviu três fontes envolvidas na operação, o guru bolsonarista chegou a São Paulo para dar continuidade a um tratamento médico

Leia também:

Com 74 anos de idade, Olavo estava internado com problemas respiratórios desde abril deste ano, em um hospital no estado da Virgínia, nos Estados Unidos.

Na capital paulista, o escritor foi levado para o InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP). 

Segundo a coluna, ele será atendido pelo cardiologista José Antonio Ramires.

"Doença do carrapato" 

Embora seja considerado o guro do bolsonaristo, o escritor não mora no Brasil há anos. Ele se mudou para os EUA em 2005.

Além das doenças respiratórias tratadas no país norte-americano, Olavo lida há alguns anos com consequências da doença de Lyme, popularmente conhecida como “doença do carrapato”.

A doença é causada pela bactéria Borrelia burgdorferi e é transmitida por carrapatos. Ela pode causar irritação na pele, dores nas articulações e fraqueza nos membros.

Silenciado no Twitter

Em janeiro deste ano, Olavo de Carvalho foi silenciado no Twitter, uma das redes sociais favoritas dos bolsonaristas, por ter feito postagens negacionistas sobre a pandemia da Covid-19. Ele também teve publicações apagadas por violação de regras. 

Após a punição, o guru bolsonarista anunciou que irá deixar a plataforma. “Estou caindo fora do Tuíts. Aquilo é a Cracolândia da internet. Pode enfiar a sua rede no cu, Mr. Dorsey. Estou aqui, no Telegram e no Gab. Quando o Parler reabrir, estarei lá também”, escreveu ele no Facebook.

Um mês depois, ele informou, na mesma rede social, que estava com pneumonia. “Caros alunos. Hoje não vai ter aula. Peguei uma pneumonia e estou no hospital. Desculpem a mancada. Volto na semana que vem. Abração!”, diz o vídeo. Na época, Olavo não deu detalhes sobre seu estado de saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos