Gustavo Petro é o novo presidente da Colômbia

À terceira foi de vez. Gustavo Petro foi eleito, este domingo, presidente da Colômbia depois de ter concorrido três vezes ao mais alto cargo da nação. Pela primeira vez, o país sul-americano elege um chefe de Estado de esquerda.

Petro prometeu uma mudança do modelo económico da Colômbia.

"É, sem dúvida, um dia histórico. O que está para vir é uma verdadeira mudança... Uma mudança fundamental, na qual estamos a comprometer a própria existência, a própria vida", sublinhou Petro.

Gustavo Petro, um antigo guerrilheiro do grupo M-19 é o novo inquilino da Casa de Nariño obtendo 50,48% dos votos, nesta segunda volta das presidenciais.

O antigo presidente da Câmara Municipal de Bogotá derrotou o populista Rodolfo Hernández que se ficou pelos 47,26%.

Hernández reconheceu a derrota e desejou que o país não se dececione.

" Desejo que Gustavo Petro saiba liderar o país, que seja fiel ao seu discurso contra a corrupção e que não dececione aqueles que votaram nele", disse.

Gustavo Petro encontra uma Colômbia com vários problemas em especial nas áreas social, económica e de segurança.

No primeiro discurso após a vitória, propôs um diálogo entre a América Latina e os Estados Unidos da América para combaterem as alterações climáticas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos