'Há uma fila de até 40 mil pessoas em filas hospitalares', diz presidente do Fórum de Governadores

Paulo Cappelli
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - Presidente do fórum de governadores, Wellington Dias (PT-PI) afirmou nesta quinta-feira que a rede de saúde do país vive um "colapso nacional". Sem citar a fonte, afirmou que há uma fila de até 40 mil pessoas esperando vagas em hospitais. A declaração foi dada após defender medidas restritivas para reduzir a possibilidade de contágio e propagação do vírus.

- Já estamos num colapso na rede hospitalar. Tem neste instante uma fila gigante, algo como 30 a 40 mil pessoas em todas as filas hospitalares, por vaga, de UTI, e, em alguns lugares, também de leito clínico. Ou seja, gente morrendo sem respirador. O pulmão não funciona mais, e ele não tem o equipamento para auxiliar - disse Dias.

A reportagem tenta confirmar, com a assessoria de imprensa do governador, a fonte do dado utlizado.

No discurso, Dias também afirmou que há reisistência da população em obedecer medidas restritivas, pois, como o resultado com queda de internações é temporário, podendo voltar a subir depois, parte da população acaba ficando saturada de cumprir as restrições.