Húngaros protestam contra lei que facilita abate de árvores

Budapeste foi palco de uma manifestação para exigir proteção para as florestas da Hungria. O protesto, segundo em menos de uma semana, juntou cerca de mil pessoas contra a decisão do governo de Viktor Orbán flexibilizar a legislação que regula o abate de árvores.

Além de facilitar o corte de espécies nativas, a nova lei permite a sua substituição por espécies invasoras.

A medida segue-se ao aumento no consumo de lenha provocado pelo elevado preço da energia.