'Hackers do bem' caçam bugs pelas recompensas financeiras, diz pesquisa

Hackers do bem caçam bugs pelas recompensas financeiras, aponta pesquisa
Hackers do bem caçam bugs pelas recompensas financeiras, aponta pesquisa
  • 65% também afirmaram que fazem para se desenvolverem como profissionais;

  • Bug é um erro, falha ou problema de segurança em algum software;

  • Estudo foi realizado pela BugHunt, plataforma que recompensa hackers por bugs encontrados.

Um estudo realizado pela BugHunt, plataforma brasileira que recompensa quem encontrar bugs (problemas, falhas ou erros) em programas de informática, compreendeu um pouco mais das motivação desses heróis do dia a dia.

No mundo hacker há uma divisão clara entre os hackers "do bem" e os hackers "do mal", conhecidos como whitehats e blackhats respectivamentes. Enquanto os blackhats buscam explorar falhas nos softwares para realizar ganhos para si mesmos em detrimento dos usuários, os hackers do bem costumam reportar aos desenvolvedores os problemas encontrados em suas explorações.

De acordo com a pesquisa da BugHunt, no entanto, o motivo disto não é um altruísmo descompassado, mas sim algum tipo de recompensa financeira. Dos 12 mil entrevistados, 78,3% afirmou que atuam visando algum tipo de rentabilidade, enquanto outros 65% disseram que fazem isso para testar suas habilidades e se desenvolverem como profissionais.

“O alto número de pessoas colocando o desenvolvimento profissional como motivação para esse trabalho demonstra não só uma classe de profissionais engajados, mas também como os hackers do bem são valorizados no mercado, já que o setor reconhece a importância de combater essas falhas e possíveis brechas virtuais”, avalia Caio Telles, co-fundador e CEO da BugHunt.

A pesquisa também descobriu a faixa etária média desses profissionais, além de suas áreas de formação. Cerca de 41% têm entre 17 a 24 anos, enquanto 40% possuem idades entre 25 e 35 anos. Já 48,3% dos profissionais têm formação em segurança da informação, enquanto outros 33% são formados em TI.