Hackers usam drone para assumir controle de Tesla

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Fábrica de Teslas. (Foto: Wang Xiang/Xinhua via Getty) (Xinhua/Wang Xiang via Getty Images)
Fábrica de Teslas. (Foto: Wang Xiang/Xinhua via Getty) (Xinhua/Wang Xiang via Getty Images)
  • Pesquisadores hackearam Tesla usando drone.

  • Eles usaram rede Wi-Fi especial para invadir.

  • Tesla já corrigiu o bug.

Uma dupla de pesquisadores foi capaz de demonstrar a possibilidade de se hackear um veículo da montadora de elétricos Tesla remotamente.

Leia também:

Os pesquisadores conseguiram acessar os sistemas de um Model X, como controle de ar-condicionado, som, portas e até aceleração. As informações são do portal G1.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Para realizar o ataque, os hackers utilizaram um drone – aeronave de pequeno porte controlada remotamente. Eles usaram o equipamento para sobrevoar o carro, e então criaram uma rede Wi-Fi especialmente projetada para invadir o sistema do Tesla.

A rede interagiu com a rede do carro, e permitiu a abertura de uma brecha que deu acesso aos hackers ao controle do veículo.

A demonstração revela que o carro poderia ser hackeado inclusive enquanto movimento, com o drone nas proximidades criando a rede invasora.

De acordo com os hackers, outros modelos da empresa, como S, 3 e Y também apresentavam a mesma vulnerabilidade.

A Tesla já corrigiu o bug que permitia as invasões.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube