Haddad lidera em SP com 36%, seguido de Tarcísio com 21% e Rodrigo, com 14%, mostra Ipec

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Fernando Haddad (PT) variou dentro da margem de erro e manteve a vantagem na corrida pelo Governo de São Paulo, com 36% das intenções de voto na pesquisa Ipec divulgada nesta terça-feira (6). Há uma semana, ele tinha 32%.

Em segundo está o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos). Ele foi de 12% em meados de agosto para 17% na semana passada e para 21% agora.

Depois aparece o governador Rodrigo Garcia (PSDB), com 14%. Ele também vem variando positivamente: havia registrado 9% na primeira rodada e 10% na segunda.

Carol Vigliar (UP) registrou 1% (ela tinha 2% na pesquisa anterior). Altino Júnior (PSTU), Antonio Jorge (DC), Elvis Cezar (PDT), Gabriel Colombo (PCB) e Vinicius Poit (Novo) marcaram 1% cada um (tinham 1%). Edson Dorta (PCO) teve 1%, contra 0% na pesquisa anterior.

À medida que a campanha avança, os brancos/nulos e indecisos diminuem. O primeiro grupo passou de 15% para 10% em relação à última rodada, e o segundo, de 20% para 12%.

O levantamento, contratado pela TV Globo, ouviu 1.504 pessoas em 66 cidades do estado de sábado (3) a segunda (5), com margem de erro de três pontos percentuais e nível de confiança de 95%. O registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é SP-04493/2022.

Haddad concorre com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), enquanto Tarcísio é o candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL). Rodrigo vem pregando contra o que considera uma briga ideológica, mas faz acenos ao bolsonarismo.

O Ipec foi criado em fevereiro de 2021 por ex-executivos do Ibope Inteligência, que encerrou suas atividades no mês anterior em razão do término de um acordo de licenciamento.