Haddad quer discutir reformas tributária e fiscal com Congresso a partir de abril

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad

BRASÍLIA (Reuters) - O governo pretende começar a discutir as reformas tributária e fiscal com o Congresso a partir de abril, disse nesta terça-feira o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, argumentando que é necessário aguardar a posse dos novos parlamentares em fevereiro e a formação de bancadas e comissões temáticas no Legislativo.

Em entrevista ao portal Brasil 247, Haddad ponderou que as medidas podem ser apresentadas antes, ainda no primeiro trimestre.

Segundo ele, o governo deve começar a reforma tributária com a análise dos impostos indiretos, que incidem sobre o consumo, e depois partir para as cobranças diretas, como o Imposto de Renda.

(Por Bernardo Caram)