Haiti adia referendo constitucional

·1 minuto de leitura
(Março) Manifestação em Porto Príncipe contra o referendo constitucional

A administração eleitoral haitiana anunciou nesta segunda-feira (7) o adiamento do referendo constitucional, previsto para 27 de junho, devido à crise sanitária provocada pela pandemia de coronavírus.

"Esta decisão é motivada pelas dificuldades do conselho para reunir e formar todo o pessoal temporário para a realização da votação", explicou o conselho eleitoral provisório do Haiti em um comunicado. Não foi informada outra data para a realização do referendo, impulsionado pelo governo e rejeitado pela oposição.

A nova data do referendo, promovido pelo governo e rejeitado pela oposição, não foi divulgada. O novo calendário eleitoral será criado "após as recomendações das autoridades de saúde e dos conselhos técnicos de funcionários da instituição eleitoral", informou o órgão.

O Haiti decretou no fim de maio estado de emergênca sanitária em todo o território, ante o aumento dos casos de Covid-19 após a detecção das variantes Alfa e Gama.

amb/iba/lda/gm/mvv/lb