Hamas participa de desfile militar com foguetes e drone após trégua com Israel

·1 minuto de leitura

Milhares de combatentes encapuzados do braço militar do movimento palestino Hamas marcharam pela Faixa de Gaza nesta sexta-feira (28), exibindo lançadores, foguetes e um drone, uma semana após a trégua com Israel entrar em vigor.

A bordo de veículos ou a pé, a maioria com armas nas mãos, os membros das Brigadas Ezzedine al-Qasam desfilaram na cidade de Rafah, no sul território palestino controlado pelo Hamas e submetido a um bloqueio israelense há quase 15 anos.

Uma multidão de palestinos compareceu ao desfile, incluindo meninos, meninas e meninos, alguns usando lenços verdes das Brigadas al-Qasam na testa, constatou um jornalista da AFP.

O movimento islamita Hamas, no poder em Gaza desde 2007, é o inimigo jurado de Israel, que o considera uma organização "terrorista".

O conflito entre os dois inimigos, o quarto desde 2008, estourou em 10 de maio depois que o Hamas disparou foguetes contra Israel em solidariedade, de acordo com o movimento, às centenas de palestinos feridos durante confrontos com a polícia israelense em Jerusalém Oriental, setor palestino da Cidade Santa ocupado por Israel desde 1967.

De 10 a 21 de maio, o dia em que o cessar-fogo entrou em vigor, 254 palestinos foram mortos por tiros israelenses na Faixa de Gaza, incluindo 66 crianças e combatentes, segundo autoridades locais.

Em Israel, disparos de foguetes de Gaza mataram 12 pessoas, incluindo uma criança, um adolescente e um soldado, segundo a polícia. Os dois protagonistas do conflito reivindicaram a vitória após a trégua.

Por vários dias, milhares de combatentes das Brigadas Al-Qassam marcharam em várias cidades do território palestino, com um arsenal militar.

alv/tp/eg/mls/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos