Hamilton desabafa sobre Piquet, racismo e perseguição

Na chegada ao GP de Silverstone, na Inglaterra, Hamilton se manifestou publicamente pela primeira vez após polêmica.
Na chegada ao GP de Silverstone, na Inglaterra, Hamilton se manifestou publicamente pela primeira vez após polêmica. Foto: (Vince Mignott/MB Media/Getty Images)

Envolvido, indiretamente, em uma polêmica gerada por uma entrevista concedida por Nelson Piquet em dezembro do ano passado, quando foi chamado de "neguinho" pelo ex-piloto brasileiro, o inglês Lewis Hamilton, quando chegou em Silverstone para o Grande Prêmio da Inglaterra da Fórmula 1 falou abertamente sobre o caso e reclamou sobre as perseguições que sofre, sendo alvo de declarações racistas e narrativas negativas criadas contra ele.

Em entrevista coletiva, Hamilton lembrou do protesto dos pilotos no GP da Áustria, há dois anos, e pregou para que declarações antiquadas não recebam os holofotes dados: "Faz dois anos desde que nos ajoelhamos na Áustria. Claro que ainda enfrentamos os desafios. Eu tenho sido alvo de racismo e narrativas negativas e arcaicas e tons de discriminação. Não sei por que continuamos a dar uma plataforma a essas pessoas mais velhas. Eles estão falando sobre o esporte, mas estamos olhando para uma direção diferente. É a imagem maior. Agora é uma reação imediata de empresas de todo o mundo. Provavelmente todos eles já têm um roteiro pronto para esse gerenciamento de crise. Não é suficiente. Agora é sobre ação".

Leia também:

Tricampeão mundial da Fórmula 1, Nelson Piquet, pediu desculpas pelos comentários feitos sobre Lewis Hamilton, mas negou qualquer intenção racista por trás de suas palavras.

O brasileiro que usou o termo “neguinho” ao falar sobre o acidente de Hamilton com Max Verstappen, que namora a filha de Piquet, em Silverstone no ano passado. Seus comentários foram feitos em novembro, mas só vieram à tona no início desta semana.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos