Hamilton lidera com folga treinos livres para GP da Austrália; Massa abandona

Por Ian Ransom
Piloto da Mercedes Lewis Hamilton em treino livre na Austrália. 24/03/2017 REUTERS/Jason Reed

Por Ian Ransom

MELBOURNE (Reuters) - O piloto britânico Lewis Hamilton, tricampeão mundial de Fórmula 1, dominou os treinos livres desta sexta-feira para o Grande Prêmio da Austrália, colocando a Mercedes na ponta da tabela de tempos nas duas sessões do dia e deixando as equipes rivais com motivos para se preocupar antes do fim de semana.

Esperava-se que a Ferrari tivesse bom desempenho nos treinos desta sexta depois de mostrar um ritmo impressionante na pré-temporada, mas os tempos de Hamilton no circuito de Albert Park colocaram a Mercedes novamente como favorita a conquistar o título após três campeonatos seguidos.

O britânico e seu novo companheiro de equipe, Valtteri Bottas, levaram a Marcedes a uma dobradinha na primeira sessão do dia, enquanto na segunda parte Hamilton aumentou o ritmo com pneus mais lisos e foi confortavelmente mais rápido do que Sebastian Vettel, da Ferrari.

A volta mais rápida de Hamilton, de 1min23s62, foi mais de meio segundo melhor que o tempo de Vettel, que é tetracampeão do mundo. Hamilton disse que o dia foi "99 por cento perfeito".

"Depois de enfrentar alguns problemas em Barcelona, não sabíamos se viveríemos o mesmo aqui", disse em referência aos testes da pré-temporada na cidade espanhola.

"O que é realmente motivante é que saímos para a pista uma semana depois e o carro está exatamente onde deveria estar", acrescentou.

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, foi forçado a abandonar o treino livre na segunda sessão devido a uma problema elétrico que afetou o câmbio de seu carro. Pela manhã, ele teve um bom desempenho e ficou em 7º lugar.