Hamilton supera Vettel para pole do GP da China

XANGAI (Reuters) - O piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou a pole position neste sábado para o Grande Prêmio da China, no domingo, após marcar a volta mais rápida da história do circuito de Xangai nos últimos segundos de uma disputada sessão de classificação.

O tricampeão mundial completou o circuito de 5,4 quilômetros em um minuto e 31,678 segundos em sua Mercedes, seguido pelo rival Sebastian Vettel, da Ferrari, por 0,186 segundos.

O companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, ficou em terceiro, somente um milésimo de segundo atrás.  “Não sabia se iríamos ficar na frente ou atrás”, disse Hamilton a repórteres.

“Tudo o que eu sabia que poderia fazer era somente ter a melhor volta possível e, a cada momento que saía, tentava prolongar um pouco mais.”

A volta mais rápida de Hamilton em Xangai superou o tempo de Michael Schumacher de 2004 em mais de meio segundo.

O tempo também deu a Hamilton sua 63a pole e sua sexta pole na China, tornando-o o terceiro piloto a conseguir seis poles no mesmo Grande Prêmio, ao lado de Schumacher e Ayrton Senna.

O britânico segue cinco poles atrás do recorde geral de Schumacher, de 68.

Esta também será a 58a vez, em 61 corridas, que a Mercedes irá começar na liderança. A escuderia alemã foi fortemente perseguida pela Ferrari, no entanto.

Vettel manteve um ritmo intenso para liderar a sessão prática final, realizada anteriormente neste sábado. O alemão e o companheiro de equipe Kimi Raikkonen, que ficou em quarto, também lideraram as tabelas ao final das primeiras duas etapas da classificação.

A Ferrari aparentava estar no caminho certo para conseguir a pole, com até mesmo o chefe da Mercedes, Niki Lauda, apostando contra sua própria equipe. Mas no final Vettel não conseguiu.

“Talvez eu tenha me acovardado nos freios um pouco cedo demais”, disse Vettel, de 29 anos. "Mas conseguimos margem suficiente para ficar na fila da frente.”

Daniel Ricciardo, da Red Bull, marcou o quinto tempo mais rápido, à frente do brasileiro Felipe Massa, da Williams.

(Por Abhishek Takle)