Harry e Meghan homenageiam Philip mas não informam se participarão de funeral

·1 minuto de leitura
(2012) O príncipe Harry e o avô, príncipe Philip

A fundação do príncipe Harry e de sua mulher, Meghan Markle, Archewell, homenageou o príncipe Philip após a sua morte, nesta sexta-feira, enquanto se especula sobre os planos do casal de participar do funeral.

A fundação atualizou o site archewell.com para que exibisse apenas uma única mensagem, sem menus ou links para outras páginas. "Em memória de Sua Alteza Real, o Duque de Edimburgo, 1921-2021", diz o texto em branco, sob fundo preto. "Obrigado pelos seus serviços... Sua ausência será muito sentida."

A morte de Philip alimentou especulações sobre quando Harry poderia retornar ao Reino Unido para o funeral do avô, e se Meghan, grávida do segundo filho, iria acompanhá-lo. O casal, também conhecido como duque e duquesa de Sussex, vive em Los Angeles desde que decidiu abandonar as funções reais, no começo do ano passado.

Se o casal comparecer ao funeral, será o seu primeiro retorno ao Reino Unido desde a entrevista bombástica que concedeu à estrela da TV americana Oprah Winfrey, no mês passado.

Meghan deve dar à luz uma menina no verão, o que poderia dificultar uma viagem para o Reino Unido. O casal também poderia estar sujeito às normas de quarentena e teste de Covid, caso não seja considerado isento.

Comenta-se que Harry tinha uma boa relação com os avós. No começo do ano, ele contou ao apresentador James Corden que havia conversado pelo aplicativo Zoom com a rainha e o príncipe desde que se mudou para os Estados Unidos, para que eles pudessem ver o bisneto Archie.

pdh/bfm/mps/gma/lb