HC de Ribeirão Preto lança vaquinha virtual para enfrentar coronavírus

MARCELO TOLEDO

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - O HC (Hospital das Clínicas) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da USP (Universidade de São Paulo), lançou uma vaquinha virtual para arrecadar recursos para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

Até a tarde desta quinta-feira (26), o hospital arrecadou R$ 49.775, doados por 225 pessoas. O hospital informou que está mobilizando todos os recursos humanos, materiais e equipamentos para prestar assistência aos pacientes acometidos com Covid-19 e garantir que os profissionais de saúde os atendam com segurança.

Segundo o hospital, não há falta de insumos atualmente, mas com o grande número de atendimentos a serem realizados, serão necessários mais equipamentos de proteção individual para os profissionais, além de respiradores e outros equipamentos para os pacientes.

O hospital ainda cita o aumento no preço de materiais como "grande preocupação". Máscaras N95, recomendadas para proteção dos profissionais de saúde, custavam R$ 1,50 a unidade, mas hoje o preço é de cerca de R$ 12, segundo o HC.

Ribeirão Preto confirmou nesta quinta-feira (26) a morte de um paciente de 36 anos, a primeira da cidade devido ao coronavírus. Ele tinha mieloma múltiplo, neoplasia óssea e insuficiência renal. A prefeitura aguarda contraprova do exame, a ser divulgada pelo Instituto Adolfo Lutz.

O médico que o atendeu também contraiu o coronavírus e está afastado.