Helicóptero da Otan desaparece no mar Jônico

Um marinheiro canadense morreu e cinco estão desaparecidos após um helicóptero da marinha cair no mar entre a Grécia e a Itália

Um helicóptero da força aérea canadense com seis pessoas desapareceu em águas internacionais entre a Grécia e a Itália, durante uma operação de vigilância da Otan, informou nesta quarta-feira (29) a força aérea grega.

O comando militar da OTAN em Mons, na Bélgica, confirmou "o desaparecimento de um helicóptero" e "operações de busca em andamento".

"Confirmo que houve um incidente com um helicóptero de um navio sob comando da OTAN", disse a coronel Juanita Chang, citada em comunicado da Aliança Atlântica enviado à AFP.

Segundo as primeiras informações, o helicóptero se encontrava fora da zona de controle da Grécia, "a 50 milhas marinhas das costas da ilha grega de Cefalônia e participava de uma operação de vigilância da área" da Aliança Atlântica, segundo a mesma fonte.

O helicóptero, um Sikorsky CH-124 Sea King, segundo uma fonte do Ministério da Defesa grego, operava a partir da fragata canadense "Fredericton", de onde decolou para uma patrulha. A aeronave pertencia às forças navais da Aliança SNMG2.

Além da fragata canadense, navios italianos, gregos e turcos, participaram da operação nas águas gregas, segundo a mesma fonte.

Nesta quarta, as forças da Otan deixaram o local, onde permaneceu a fragata grega e seguiram em direção às águas italianas.

As forças navais e aéreas gregas estão prontas para prestar socorro "caso seja solicitado pela Itália", informou à AFP uma fonte militar sob condição de anonimato.