Helicóptero que caiu na Zona Sul de São Paulo estava regular e podia levar 6 pessoas

O helicóptero que caiu na manhã desta quarta-feira (19) no bairro de Campo Belo, Zona Sul de São Paulo, estava em situação regular e poderia levar até seis pessoas, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A aeronave caiu um pouco antes das 11 horas em um parque na Avenida Túlio de Campos. Dentro, estavam duas pessoas: o piloto e um passageiro, que ficaram feridos.

O piloto, de 41 anos, precisou ser levado pelo Helicóptero Águia da Polícia Militar para o Hospital das Clínicas, com traumatismo craniano.

Já o passageiro, de 37, sofreu fraturas nos membros inferiores, foi resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital Jabaquara.

Pouso forçado

A queda ocorreu em uma zona próxima ao Aeroporto de Congonhas, na capital paulista. A suspeita é de que a aeronave tenha enfrentado problemas logo após a decolagem, e o piloto tenha tentado um pouso forçado.

Ainda de acordo com o g1, o helicóptero foi fabricado em 2013 e é um monomotor turbina, capaz de transportar até seis pessoas.

As causas do acidente ainda estão sendo investigadas.