Helicóptero tomba ao pousar no aeroporto Campo de Marte, em SP

·1 minuto de leitura

GONÇALVES, MG (FOLHAPRESS) - Um helicóptero tombou no momento em que pousava na pista do aeroporto Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, na tarde desta segunda-feira (3).

Inicialmente, o Corpo de Bombeiros havia informado que a aeronave havia caído do lado de fora do aeroporto, mas a informação foi corrigida pela corporação.

Duas pessoas que estavam no helicóptero foram resgatadas com ferimentos por uma equipe do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) e levadas a um hospital da região. Mas o estado de saúde delas, porém, ainda é desconhecido.

A ocorrência de queda foi registrada pelos bombeiros por volta das 13h50 desta segunda. Assim que a aeronave tombou na pista, o próprio departamento de combate a incêndios do aeroporto fez uma linha de rescaldo em volta da fuselagem do helicóptero, caso houvesse explosões por conta da queda.

A pista do aeroporto foi fechada para perícia que será realizada pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

O helicóptero, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), estava com a documentação regularizada.

OUTROS ACIDENTES

A região do aeroporto Campo de Marte acumula ocorrências de acidentes envolvendo helicópteros e aviões de pequeno porte. Em 2020, uma aeronave caiu na avenida Bráz Leme, na Casa Verde, e matou o piloto —único ocupante do avião.

Em 2018, dois acidentes semalhantes aconteceram na região. Um piloto morreu em julho, após ficar preso nas ferragens; em novembro, duas pessoas morreram e 11 foram feridas quando um monomotor caiu numa área comercial.

Ao menos outros seis acidentes graves foram registrados nas proximidades do Campo de Marte desde a década de 1980.