Helicópteros americanos realizam exercícios com munição real na Coreia do Sul

O Exército dos Estados Unidos anunciou que seus helicópteros na Coreia do Sul realizam treinamentos com armas e foguetes, enquanto Seul tenta reforçar a dissuasão contra a potência nuclear da Coreia do Norte.

O treinamento, o primeiro deste tipo desde 2019, foi organizado após uma série de testes armamentistas realizadas este ano pela Coreia do Norte, incluindo o disparo de um míssil balístico intercontinental a plena distância pela primeira vez desde 2017.

Os exercícios serão realizados até 29 de julho nos arredores da altamente protegida Zona Desmilitarizada (DMZ) entre as duas Coreias, informou a 2ª Divisão de Infantaria dos Estados Unidos à AFP.

Os treinamentos devem garantir que as tripulações "estão qualificadas para manobrar seus Apaches, manterem a destreza em seus helicópteros e capazes de executar sua missão se necessário", disse um porta-voz em nota enviada à AFP.

As aeronaves utilizadas são helicópteros de combate AH-64E v6, segundo imagens tuitadas pela 2ª Divisão de Infantaria americana.

"O 5º Esquadrão do 17º Regimento de Cavalaria e o 4-2º Batalhão de Ataque estão realizando exercícios de tiro aéreo para treinar suas tripulações no uso dos mísseis AGM-114 Hellfire, foguetes Hydra 70 e canhões de 30 mm", indica.

A Coreia do Norte vê com preocupação este tipo de exercício, que considera um treinamento para uma invasão.

Em maio, a Coreia do Sul e os Estados Unidos, aliados há muito tempo em matéria de segurança regional, sinalizaram planos de retomar seus exercícios militares conjuntos, reduzidos com a pandemia e o fracasso nas negociações com o governo norte-coreano.

O novo presidente sul coreano, Yoon Suk-yeol, que assumiu em maio, prometeu endurecer sua posição em relação à Coreia do Norte.

cdl/ceb/dhc/mlb/thm/sag/eg/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos