Helicóptero cai ao pousar no Campo de Marte e deixa dois feridos

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Helicóptero caiu quando pousava no Campo de Marte, em São Paulo - Foto: Reprodução/GloboNews
Helicóptero caiu quando pousava no Campo de Marte, em São Paulo - Foto: Reprodução/GloboNews
  • Helicóptero caiu no Campo de Marte, em São Paulo, nesta segunda-feira

  • De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas pessoas ficaram feridas

  • Região tem um histórico recente de acidentes aéreos

Um helicóptero caiu na tarde desta segunda-feira, ao pousar no Campo de Marte, em São Paulo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas pessoas ficaram feridas e precisaram ser socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Inicialmente, os bombeiros informaram que a aeronave havia caído do lado de fora do aeroporto, mas, posteriormente, houve uma retificação.

Leia também

As duas pessoas socorridas foram levadas a um hospital da região, mas o estado de saúde delas ainda é desconhecido.

A ocorrência do acidente foi registrado por volta das 13h50. O departamento de combate a incêndios do aeroporto fez uma linha de rescaldo em volta da fuselagem logo após a queda do helicóptero, pra evitar qualquer risco de explosão.

A pista do aeroporto já foi fechada para que a perícia pudesse ser realizada pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). O helicóptero, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), estava com a documentação regularizada.

Outros acidentes

A região do Campo de Marte possui um histórico de acidentes envolvendo helicópteros e aviões de pequeno porte. Em 2020, uma aeronave caiu na avenida Bráz Leme, na Casa Verde, e matou o único ocupante do avião.

Já em 2018, dois acidentes semelhantes ocorreram no local. Um piloto morreu em julho, após ficar preso nas ferragens da aeronave. Depois, em novembro, duas pessoas morreram e 11 foram feridas quando um monomotor caiu numa área comercial.

Ao menos outros seis acidentes graves foram registrados nas proximidades do Campo de Marte desde a década de 1980.