Helicóptero cai no mar e mata primo de Rosinha Garotinho

Reprodução/ PMERJ

A queda de um helicóptero no mar de Itacoatiara, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, matou o bombeiro Fábio Pestana de Barros, primo da ex-governadora Rosinha Garotinho, na noite de quarta-feira.

De acordo com informações do jornal “O Globo”, o corpo foi encontrado preso à aeronave por volta das 0h50m.

Além de Barros, que pilotava o helicóptero, o bombeiro aposentado Paulo Andrade Roberto Costa também estava a bordo, mas conseguiu pular antes da queda e nadou até a orla.

Ele foi encaminhado a um hospital da região e liberado após passar por exames.

As causas do acidente ainda serão apuradas, mas uma das hipóteses levantadas é que ele tenha ocorrido por causa do mau tempo.

Antes de o corpo ser encontrado, a ex-governadora, por meio de uma rede social, postou uma foto ao lado do primo e disse que ele havia saído de helicóptero para resgatar o filho de um colega bombeiro, que havia feito um pouso forçado por causa da chuva. “Sei que é difícil a situação, mas as buscas pelo corpo e a aeronave continuam. Peço orações”, escreveu Rosinha.