Helicóptero colide no topo de prédio e piloto morre, no centro de Nova York

Autoridades pediram para que a área do edifício, localizado na 7ª Avenida próximo da esquina com a Rua 51, seja evitada. (Foto: AP Photo/Mark Lennihan)

Um helicóptero colidiu no topo de um edifício localizado na 7ª Avenida, no Centro de Manhattan, em Nova York. O piloto do helicóptero morreu no acidente. A aeronave, a princípio, teria tentado pousar no topo do prédio, que não possuía heliporto ou área adequada para pouso.

Um vídeo publicado por uma pessoa que disse estar a uma quadra do local mostra fumaça saindo do topo do edifício. O prédio onde o helicóptero tentou a aterrissagem fica na quadra 787 da 7ª Avenida, próxima à Rua 51. O acidente teria acontecido por volta das 14h local.

Área ao redor do edifício foi tomada por ambulâncias e viaturas de combate a incêndio. (Foto: Reuters/Brendan McDermid)

Em entrevista coletiva concedida minutos após o acidente, o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, confirmou que o piloto do helicóptero morreu na queda. Ele afirmou que o piloto - ainda não identificado - era o único ocupante da aeronave. As autoridades investigam agora o motivo da queda.

Uma pessoa, que preferiu não se identificar, afirmou em entrevista que trabalha no 34º andar do prédio e sentiu o prédio tremer após o impacto da aeronave. A mulher, que preferiu não se identificar ao canal ABC, afirmou que o prédio todo - que possui 54 andares - foi evacuado.

O Departamento do Corpo de Bombeiros de Nova York informou que o acidente provocou um pequeno foco de incêndio no topo do prédio, que já foi extinto. A operação, no entanto, prosseguia para conter o vazamento de combustível da aeronave.

A Polícia de Nova York recomendou que a área fosse evitada por pedestres e motoristas.