Helicóptero em Marte: Nasa faz primeiro voo controlado em outro planeta

·1 minuto de leitura
Helicóptero Ingenuity chegou em Marte com o robô Perseveranse (Foto: Reprodução/Nasa)
Helicóptero Ingenuity chegou em Marte com o robô Perseveranse (Foto: Reprodução/Nasa)
  • Nasa fez o primeiro voo controlado fora da Terra

  • Em Marte, o helicóptero Ingenuity fez voo de cerca de 30 segundos

  • Nasa quer fazer mais quatro voos com o helicóptero

Na manhã desta segunda-feira (19), a Nasa fez o primeiro voo controlado em outro planeta: Marte. A missão foi cumprida com o Ingenuity, um helicóptero que ficou no ar durante 40 segundos. A conquista foi muito celebrada pela equipe responsável pelo projeto.

O helicóptero conseguiu fazer um sobrevoo de 30 segundos e subiu certa de 3 metros. Assista:

Leia também

O equipamento chegou à Marte com o Perseverance, robô enviado pela Nasa que pousou no planeta vermelho em 18 de fevereiro. Foram sete meses até que ele chegasse em Marte.

“Demonstrações tecnológicas são muito importantes para todos nós. É pegar uma ferramenta que não conseguíamos usar e colocar na caixa de ferramentas disponíveis para todas as nossas missões em Marte. Abre novas portas”, declarou Thomas Zurbuchen, diretor de Missões da Nasa. O Ingenuity custou R$ 85 milhões e foi adicionado ao robô Perseverance.

Segundo o New York Times, agora a equipe responsável quer tentar executar quatro outros voos com o Ingenuity. Os três primeiros seriam para testar habilidades básicas do helicóptero, mas com distâncias maiores, de até 48 metros.

Na superfície de Marte, a atmosfera é cerca de 100 vezes menos densa que na Terra. A gravidade sentida é um terço menor. A dificuldade de um helicóptero voar se deve ao pouco ar que há em Marte. Voar no planeta vermelho corresponde a voar em uma atitude de 30 mil metros na Terra.