Helio de la Peña faz sucesso em novo clube de comédia: ‘As pessoas estão precisando rir’

·1 min de leitura

RIO — Foi no Teatro Candido Mendes, em Ipanema, que grandes nomes da comédia, como Pedro Cardoso, Heloísa Périssé, Ingrid Guimarães, Paulo Gustavo e Fabio Porchat surgiram. E é onde funcionava o cinema Candido Mendes que outro grande nome da comédia, o eterno Casseta Helio de la Peña, vem batendo ponto. É lá que funciona, desde setembro, a Casa da Comédia Carioca. E é lá que ele apresenta hoje, às 21h, o espetáculo “Pretaria comedy”, ao lado de Beto Gama, Niny Magalhães, Romulo Bellotiti e Will Silva. Os ingressos custam R$ 50 e estão à venda no Sympla.

— Estamos no Mês da Consciência Negra. Vamos fazer uma babel preta na Casa da Comédia. É necessário garantir esses espaços que a sociedade não garante. A gente mete o pé na porta e aborda a questão do ponto de vista do humor. O stand up é uma arte muito confessional — afirma de la Peña, morador do Leblon.

Ele já apresentou na casa os espetáculos “Rio em suburbês”, ao lado de Alan Ribeiro; e “Chocolate cumprimenta e convida”, com Felipe Absalão e Gui Preto; e fez stand up com Matheus Mad, idealizador do espaço, e participação surpresa de Porchat.

— As pessoas estão começando a sair dos casulos, por conta do avanço da vacinação, e estão precisando rir, tomar um banho de descarrego. É a nossa oportunidade de satirizar todas as cagadas que vemos acontecer no país — diz o humorista.

Ele está no ar aos sábados, às 22h, no programa “Conversa piada”, da TV Cultura, ao lado dos também ex-Cassetas Claudio Manoel, Beto Silva e Hubert Aranha:

— Pegamos os temas atuais e torcemos até fazerem rir.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos