Herdeiro da Samsung é preso na Coreia do Sul

Acusado pelo pagamento de quase 40 milhões de dólares em subornos para obter favores políticos, o vice-presidente do grupo empresarial Samsung, Lee Jae-Yong, foi detido nesta sexta-feira na Coreia do Sul.