Hidekazu Yukawa, o ‘Mr. Sega’, morre aos 78 anos

Ex-presidente da Sega, Shoichiro Irimajiri, com Hidekazu Yukawa, o Mr. SEGA (ES/TAN/KM)
Ex-presidente da Sega, Shoichiro Irimajiri, com Hidekazu Yukawa, o Mr. SEGA

(ES/TAN/KM)

  • Morre, aos 78 anos de idade, Hidekazu Yukawa, conhecido como 'Mr Sega';

  • Ex-diretor da Sega faleceu em junho de 2021, mas informação só veio a público agora;

  • Yukawa ficou conhecido após estrelar vários comerciais do Dreamcast, último console da Sega.

Veio a público nesta semana que o ex-executivo da Sega, Hidekazu Yukawa, faleceu aos 78 anos. Apesar da informação ter sido revelada pela revista japonesa Famitsu somente nesta segunda-feira (6), o caso aconteceu em junho de 2021, em decorrência de uma pneumonia.

Yukawa assumiu a direção da Sega em 1998, mesmo ano em que foi lançado o console Dreamcast. Devido a suas aparições bem-humoradas no comercial do aparelho, o rosto do empresário ficou conhecido entre os fãs do game sob o apelido de ‘Mr Sega’. Nos anúncios, ele ainda defende a superioridade de seu produto em relação a concorrentes como Sony e PlayStation.

Tal foi a repercussão dos comerciais que ‘Mr Sega’ se tornou a ‘cara do produto’, conforme lembrado pelo Yahoo! Japão. O Dreamcast foi o sexto e último console produzido pela Sega, em parceria com a Hitachi e a Microsoft. Sua produção foi reduzida em 2001.

O diretor ainda fez aparições em vários jogos da Sega, como Shenmue e em um DLC de Sonic Adventure. Para mudar a percepção do público sobre a Sega e incentivar os consumidores a comprarem seus aparelhos, Yukawa também deixou todas as formalidades de lado e implementou um método de vender porta a porta.

No Twitter, ex-colegas da empresa, incluindo o líder do Sonic Team, Yuji Naka, homenagearam Yukawa.

"Yukawa-san havia morrido. Eu não sabia. Eu rezo por sua alma", disse no Twitter, agradecendo a ajuda do colega ao longo de sua carreira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos