Deputados paraguaios enterram polêmico projeto de reeleição presidencial

Assunção, 26 abr (EFE).- A Câmara de Deputados do Paraguai rejeitou e arquivou nesta quarta-feira o polêmico projeto de reeleição presidencial, que provocou violentos enfrentamentos no final de março e também a maior crise do governo do presidente Horacio Cartes.

O projeto foi rejeitado por unanimidade em uma votação que foi acompanhada por centenas de pessoas através de um telão instalado na Plaza de Armas, em frente ao Congresso.

Na semana passada, Cartes havia anunciado que não se apresentaria em "nenhum caso" a uma reeleição em 2018, desinflando esse projeto, apoiado pelo governamental Partido Colorado.

O projeto foi aprovado em 31 de março por um grupo de 25 senadores em uma discutível votação que provocou graves incidentes violentos, que se saldaram com o incêndio de parte do edifício do Congresso e a morte de um jovem opositor. EFE