História de mulher trans presa sem visitas há oito anos comove internautas, que planejam enviar cartas de apoio

Extra
·1 minuto de leitura
Reportagem de Drauzio Varella sobre mulheres trans na prisão comove internautas

"Que solidão né, minha filha?", diz Drauzio Varella para Susy de Oliveira Santos. Em entrevista para reportagem do médico ao Fantástico, a mulher trans privada de liberdade conta que não recebe visitas há quase oito anos e Drauzio a abraça, emocionado. A cena comoveu os internautas que tornaram o assunto um dos mais comentados das redes sociais na noite do último domingo.

Na matéria de quase quinze minutos, o médico mostrava a situação das mulheres trans que estão encarceradas. Somente nos presídios paulistas, existem 700 mulheres trans confinadas em cadeias masculinas. A situação da Susy de Oliveira, de 30 anos, chamou tanto a atenção dos telespectadores que agora os internautas planejam enviar cartas para Susy! Veja alguns comentários:

A sensibilidade da reportagem foi tamanha que famosos também comentaram no Twitter. Veja: