Historiador Leandro Karnal é eleito para cadeira na Academia Paulista de Letras

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 10.08.2019  - Leandro Karnal (filósofo e historiador). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 10.08.2019 - Leandro Karnal (filósofo e historiador). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O escritor Leandro Karnal foi eleito nesta sexta-feira para uma cadeira na Academia Paulista de Letras. Ele ocupa a vaga deixada pela autora Anna Maria Martins, que morreu em novembro, aos 96 anos.

Gaúcho de São Leopoldo, Karnal vive em São Paulo há mais de 30 anos. Graduado em história e estudos sociais pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, obteve doutorado em história social pela Universidade de São Paulo.

Conhecido por seu trabalho como palestrante e professor, o historiador de 58 anos foi docente do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp durante mais de duas décadas, tendo se desligado da universidade no começo do ano passado.

Mantém uma coluna no jornal O Estado de São Paulo e integra a bancada do programa CNN Tonight, na televisão paga.

Entre seus livros publicados, estão "O Dilema do Porco-Espinho", "O Mundo Como Eu Vejo", "Todos Contra Todos: O Ódio Nosso de Cada Dia", "Felicidade ou Morte", parceria com Clóvis de Barros Filho; "Viver, a que se Destina?", com Mário Sérgio Cortella; e "Crer ou Não Crer", com o padre Fábio de Melo.