Histórico cheio: relembre os muitos problemas de saúde que Bolsonaro tem enfrentado

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazilian President Jair Bolsonaro coughs as he speaks during the announcement of support measures to philanthropic hospitals in the fight against the novel coronavirus disease, COVID-19, at Planalto Palace in Brasilia, on March 25, 2021. - Brazil's death toll in the coronavirus pandemic surpassed 300,000 on March 24, as a deadly surge that has pushed hospitals to the brink made it the second country after the United States to pass the bleak milestone. (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo by EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro teve crise soluço em 2021, o que levou presidente a uma nova internação (Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images)
  • Presidente Jair Bolsonaro foi internado na madrugada desta segunda-feira (3) com dores abdominais

  • Desde a facada, em setembro de 2018, Bolsonaro já passou por quatro cirurgias

  • Bolsonaro está no hospital Vila Nova Star e passará por exames

Na madrugada desta segunda-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi internado em São Paulo com dores abdominais. É mais um caso de saúde de Bolsonaro após a facada contra o então candidato, em 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG).

Desde então, presidente já passou por quatro cirurgias e diversas internações. Relembra o histórico de procedimentos médicos pelos quais Jair Blolsonaro passou:

6 de setembro de 2018 – primeira cirurgia

Durante um evento de campanha, o então candidato à presidência, Jair Bolsonaro, sofreu um atentado em Juiz de Fora. Bolsonaro passou pela primeira cirurgia após a facada dada por Adélio Bispo.

12 de setembro de 2018 – segunda cirurgia

Dias depois, já no Hospital Albert Einstein, Jair Bolsonaro passou por uma nova cirurgia para a desobstrução do intestino delgado. Até 16 de setembro, Bolsonaro ficou na UTI do hospital. Em 29 de setembro, recebeu alta.

28 de janeiro de 2019 – terceira cirurgia

Eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro passou por uma terceira cirurgia. O procedimento durou sete horas e incluiu a retirada da bolsa de colostomia, que vinha sendo usada pelo presidente da República. A cirurgia durou quatro horas a mais que o previsto.

7 de fevereiro de 2019 – quadro de pneumonia

Bolsonaro ficou 11 dias internado no hospital Albert Einstein após a terceira cirurgia. Em 6 de fevereiro, o presidente teve febre e, no dia seguinte, é detectada uma pneumonia. Jair Bolsonaro recebeu alta em 13 de fevereiro.

8 de setembro de 2019 – quarta cirurgia

A quarta cirurgia de Jair Bolsonaro aconteceu em 8 de setembro de 2019, para corrigir uma hérnia na região do abdômen. O problema foi causado por diversas incisões feitas na região desde a facada. Em 16 de setembro, Bolsonaro teve alta.

Julho de 2021 – crise de soluço e dores abdominais

Após um ano de 2020 mais tranquilo, com uma intervenção cirurgia a laser feita para retirada de um cálculo na bexiga, Jair Bolsonaro voltou a se preocupar com a saúde, devido a uma crise se soluço. Durante 11 dias, o presidente sofreu com soluços por causa de contrações involuntárias do diafragma, o que gerou preocupação. No dia 14 de julho, o presidente sentiu dores abdominais e foi, inicialmente, ao Hospital das Forças Armadas. Em seguida, foi transferido para São Paulo, onde tratou a obstrução intestinal no hospital Vila Nova Star.

3 de janeiro de 2022 – novas dores intestinais

Durante o período de férias no sul do país, Bolsonaro voltou a sentir dores abdominais e foi levado novamente ao Vila Nova Star. O presidente passa por exames e ainda não se sabe se será necessário passar por um novo procedimento cirúrgico.

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social (SECOM) afirmou que Bolsonaro sentiu um "desconforto abdominal" e, ainda hoje, passará por exames. "A Secom informa, ainda, que o Presidente passa bem e que mais detalhes serão divulgados posteriormente, após atualização do boletim médico."

O hospital Vila Nova Star, onde Bolsonaro está internado, também divulgou um boletim médico sobre o estado de saúde do presidente. Segundo a equipe média, Bolsonaro "deu entrada na unidade na madrugada desta segunda-feira, devido a um quadro de suboclusão intestinal". Os médicos afirmam que Jair Bolsonaro está estável, em tratamento e será reavaliado ao longo na manhã pela equipe do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo. No momento, o presidente Jair Bolsoanro não tem previsão de alta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos