Holanda comemora aniversário de 50 anos do seu rei

(Arquivo) O rei Willem Alexander

Milhares de holandeses participaram nesta quinta-feira das festividades organizadas para comemorar os 50 anos do seu rei, Willem Alexander, que compareceu acompanhado de suas filhas e sua esposa, a rainha Máxima.

O rei esteve em contato com a multidão acompanhado da sua família em Tilburg, no sul do país, onde assistiu a um concerto de 50 pianistas, assim como a um colorido espetáculo de dança.

Cerca de 150.000 pessoas, exibindo a cor nacional laranja, participaram das celebrações deste dia festivo, segundo estimativas da prefeitura de Tilburg, citada pela agência de notícias holandesa ANP. Alguns estavam no local desde o início da manhã com a esperança de poder dar a mão ao rei.

O palácio, que conta com perfis no Youtube, Facebook e Twitter, publicou nesta ocasião sua primeira foto em sua nova conta de Instagram, "Koninklijk huis" (Casa Real).

Na galeria da rede social há fotos do rei sorridente vestido com um terno escuro e uma gravata laranja, diante de um trem, ao lado da rainha Máxima e de suas três filhas, as princesas Catherina-Amalia, de 13 anos, Alexia, de 11 anos, e Ariane, de nove anos.

"A caminho de Tilburg, desejamos a todos um bom Koningsdag" (dia do rei), indicou a família real.

Em Amsterdã, 700.000 pessoas comemoraram este aniversário real, segundo a ANP.

Por ocasião dos seus 50 anos, o rei deu uma entrevista que foi difundida na quarta-feira à noite em dois canais de televisão, e foi vista por mais de 4,2 milhões de telespectadores.

Com lágrimas nos olhos, o soberano evocou o falecimento, em 2013, do seu irmão mais novo, o príncipe Johan Friso, morto em um acidente de esqui, e disse que a tragédia fez sua mãe, a rainha Beatriz, perder "uma parte dela".

O rei convidou 150 pessoas nascidas no mesmo dia que ele para jantar com o casal real nesta sexta-feira no seu palácio de Amsterdã.

Os convidados foram selecionados por sorteio após se inscreverem em um site. Depois do jantar, o palácio será aberto a público, que terá acesso livre durante 50 horas.