10 dicas para ser produtivo no home office na pandemia do coronavírus

Mid adult woman in her 30s sitting at table and looking at computer, remote working, freelancer, small business

Por Melissa Santos

Nos últimos anos, o home office virou benefício das empresas mais descoladas e chegou até a ser regulamentado na última reforma trabalhista sancionada pelo ex-presidente Michel Temer. Com a pandemia global de coronavírus, as empresas instituíram essa modalidade de trabalho para grande parte de seus colaboradores. No entanto, a preocupação em manter o mesmo nível de entrega e qualidade no trabalho remoto é alta. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Pensando nisso, especialistas reuniram dez dicas de como manter a produtividade trabalhando de casa: 

1 – Construa uma rotina matinal

Ter uma rotina evita que você perca o foco logo no começo do dia. Segundo Marcia Breda, adepta do home office há cinco anos e editora do blog ‘Adoro Home Office’, é importante ter horário para levantar, tarefas delimitadas e um tempo máximo entre sair da cama e começar a trabalhar. “Nada de abrir o computador ainda na cama. Sente sempre em uma mesa ou lugar equivalente”, recomenda. 

Leia também

2 – Escolha um ambiente sem distrações  

De acordo com Lucas Oggiam, diretor da Michael Page, consultoria especializada em recrutamento de alta e média gerência, um dos pontos centrais para manter a produtividade é evitar trabalhar em espaços com barulho excessivo e muitas distrações. “Escolha um ambiente que remeta ao local de trabalho da empresa e que seja confortável. Afinal, é muito mais difícil ter concentração em meio ao incômodo! Também é importante contar com os equipamentos necessários para a realização das atividades diárias, ponto que deve ser previamente combinado com a empresa, caso haja necessidade de materiais extras”, orienta. 

3 – Vista-se como se fosse trabalhar 

Embora seja comum ficar de pijama durante o home office, Oggiam explica que a roupa usada para dormir condiciona o cérebro a diminuir o ritmo das atividades. “O conforto extra pode deixar o profissional mais lento, aumentando as distrações. O mais indicado é usar roupas leves como se estivesse indo ao escritório e seguir o dress code oficial nas reuniões virtuais”, fala. 

4 – Alinhe expectativas com a empresa 

O primeiro passo para isso é a confiança entre empresa/gestor e equipes/colaboradores. Segundo Oggiam, para que isso aconteça o empregador precisa orientar se é preciso estar conectado o tempo todo, quanto tempo o colaborador terá de refeição, entre outros pontos. “Já o profissional deve ser claro quanto às suas responsabilidades e cumprir com os acordos firmados. Caso contrário, perderá credibilidade perante seus gestores –principalmente em situações emergenciais, em que a equipe deve estar engajada para continuar obtendo resultados”, afirma.   

5 – Evite checar telefone e e-mail o tempo todo

Seu telefone vibra, sua notificação de e-mail pula e as janelas de bate-papo apitam. Marcia explica que todo alerta suga sua atenção e desvia seu foco. Portanto, a recomendação é deixar as notificações desligadas durante o trabalho remoto. “Para evitar a ansiedade, de hora em hora, reserve minutos para checar o que você pode ter perdido. Provavelmente você vai descobrir que não perdeu nada e ficou ainda mais focado”, diz. 

6 – Crie uma agenda com a sua equipe 

A agenda compartilhada é uma ferramenta importante para o controle de atividades que foram ou devem ser realizadas por todo time. “Além de orientar a equipe, também pode ser útil para evitar interrupções durante o expediente com e-mails e ligações que desconcentram os profissionais”, avalia Oggiam. 

7 – Faça pausas

O medo da maioria das empresas é que os funcionários não trabalhem em casa, mas o que realmente acontece é que eles acabam trabalhando muito mais. Portanto, é importante buscar equilíbrio. “Fazer algumas pausas durante o dia são bem importantes para manter a produtividade e criatividade”, explica Marcia.

8 – Adote a regra dos dois minutos

A dica da editora do blog ‘Adoro Home Office’ vem do livro “Getting Things Done”, de David Allen. “Quando uma tarefa levar menos de dois minutos para ser feita, não agende, não deixe para mais tarde, não anote em um bilhete. Faça na hora e livre-se dela”, afirma. 

9 – Crie métodos para que sua família não impacte na sua produtividade 

Se você não mora sozinho, manter a produtividade no trabalho remoto pode ser uma tarefa bem complicada. “Nem sempre é fácil dizer não e colocar limites. Por isso, a dica é ensinar seus familiares a reconhecerem que você está no modo “office”. Combine sinais e estabeleça junto com eles algumas regras básicas para que tudo funcione bem”, aconselha Marcia.

10 – Tenha disciplina

Marcia recomenda sempre relembrar que você está em casa para trabalhar, que a sua produção precisa estar em dia e que entregar seus projetos depende de você e da sua organização. “Seja mais rigoroso do que flexível no começo e aos poucos você vai começar a entender como ajustar sua própria rotina da melhor maneira”, indica. 

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.